Onde mora o propósito? 1

Onde mora o propósito?

Em P40 por perdidoaos40Leave a Comment

Falamos tanto nesse tal propósito, o blog é sobre isso, encontrar um propósito para a vida.

Os dois dias mais importantes da sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobre o porquê.” – Mark Twain.

IMG_1098

Mas, sendo honesto, o propósito de nossas vidas mora dentro da gente,  quando descobrimos quem somos, quando relaxamos e deixamos tudo fluir simplesmente como tem de ser.

Lutamos, traçamos planos, desenhamos na geladeira os próximos passos, mas no final do dia mal conseguimos ticar tudo que escrevemos, pois a vida é viva e segue seu próprio caminho. Imagine que você é jogado em um rio, você vê que existe uma curva na sua frente e consegue se segurar em alguma vegetação nessa curva, com medo do que virá a seguir, mas a correnteza é forte, uma hora seus braços iram se cansar de ficarem agarrados naquela margem e você acabará se soltando, porém depois da curva você avista águas calmas e um paraíso, quanto tempo você passou se segurando na margem com medo de desfrutar isso?

Isso é o que fazemos com nossas vidas, traçamos os planos e quebramos a cabeça tentando fazer as peças se encaixarem, colocando quadrados em espaços circulares, cansa, inúmeras pessoas entram em depressão por que as coisas não seguem exatamente  como elas planejaram, ficam se perguntando do por que de tudo. Solte as mãos, relaxe os braços, sinta para onde a vida ira te levar. Deixar a vida te levar tem a ver com aquela música “vida leva eu”, ter sonhos, acreditar neles e deixar que eles se realizem por si só.

O grande propósito da vida é simplesmente sorrir para tudo, mesmo quando alguém que você gostava muito te trai, você percebe que aquilo era tudo que aquela pessoa podia fazer e segue seu caminho. Dói, machuca, você chora, mas você se permite ir além e então percebe que há muito mais adiante.

Tem uma hora que sua cobrança é tão grande que a vontade é gritar dizendo que chega. Então você chega em casa e sente vontade de quebrar o espelho que fica te criticando,  rugas, idade,  cabelo, boca e barriguinha, então você vira as costas e decide simplesmente se amar, mas se amar de verdade e fazer por si tudo o que sempre esperou que alguém fizesse, realizar seus grandes sonhos, viajar, mandar o chefe chato a merda, trabalhar com algo que goste, pintar a cor da perede da sala, desligar a TV, adotar um cachorro, dizer bom dia, todos os dias, sorrir sem motivos, sentar na praça e ficar ali curtindo horas contigo, fazer algo que nunca fez antes, pois essa é a graça da vida, novidades, realização, encontros. Diversas pessoas sofrem a falta de um amor em suas vidas, mas quando você decide se amar de verdade, verdadeiramente, sentindo-se apaixonado por si, então o amor aparece, a pessoa certa se aproxima e essa felicidade que você já possui só aumenta.

Perdido aos 40

Leave a Comment